19 October, 2018, 12:10

Storytelling a favor da sustentabilidade

Quando nossas histórias se conectam com uma marca, as chances de um relacionamento longo e duradouro nascer são enormes. É que mais do que conhecer um produto, o consumidor quer entender e enxergar quais são as preocupações que a instituição tem com a sociedade e o mundo em que ela está inserida.

Nos últimos anos, a sustentabilidade foi tema de uma série de campanhas publicitárias, pois se as empresas estão no topo da pirâmide dos maiores contribuintes no quesito desperdício e poluição do meio ambiente, nada mais justo que tentar mudar um pouco a estratégia e alcançar primeiro aquilo que nos mantém aqui, a saúde do nosso planeta.

Para quebrar o ciclo, empresas passaram a investir cada vez mais em projetos sustentáveis e criar parcerias com as comunidades onde atuam. Ter uma atitude mais verde deixou de ser um diferencial e passou a ser uma questão de sobrevivência no mercado.

Em uma lista feita pela Corporate Knights, uma empresa de produtos de mídia, pesquisa e informações financeiras com sede em Toronto, no Canadá, a Natura e a BRF (Brasil Foods, de marcas como Sadia, Batavo e Elegê) – figuram entre as cem mais sustentáveis do mundo.

A natura cria seus produtos utilizando uma matéria-prima fornecida por mais de 32 comunidades, a maioria localizada na Amazônia. Como moeda de troca, a marca ajuda a manter a floresta intacta, com projetos que abraçam a natureza e a população.

Enquanto isso, a BRF atua na reutilização de cerca de 15 bilhões de litros de água por ano, devolvendo ao meio ambiente cerca de 90% da água captada para os mais diversos usos.

O setor automobilístico, responsável por grande parte da emissão de gases poluentes ao ambiente, também tem tentado buscar soluções inovadoras para resolver esses problemas ambientais.

A Scania, por exemplo, se destacou ao trazer para a marca uma imagem mais humanizada, que se preocupa com a biodiversidade. A campanha “The Journey” fala justamente dessa transição para um sistema de transporte mais sustentável, oferecendo serviços e tecnologias que ajudam seus clientes aumentarem a lucratividade de seus negócios, diminuindo os custos do consumo de combustível e o investimento em manutenção.

Seja pela escassez de água, pelo aumento das temperaturas, pela lucratividade ou pela preocupação com os habitantes do planeta, é muito importante continuar investindo em esforços que ajudam os consumidores a entenderem quais são prioridades das organizações. Já que, se não começarmos a agir agora, o mundo não será salvo e nenhuma empresa alcançará, de fato, o sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *